There was an error in this gadget

Thursday, December 27, 2007






É meu e vosso este fado
Destino que nos amarra
Por mais que seja negado
Às cordas de uma guitarra

Sempre que se ouve o gemido
De uma guitarra a cantar
Fica-se logo perdido
Com vontade de chorar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi

E pareceria ternura
Se eu me deixasse embalar
Era maior a amargura
Menos triste o meu cantar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi

Thursday, December 20, 2007

O natal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!





Esta quase a chegar a altura que mais gosto!!!
Adoro fazer os doces e come-los, passar a noite com a minha familia, embrulhlar presentes, sentir o contraste do frio com o calor da lareira, o cheiro...
Tudo me faz lembrar pessoas que me sao muito queridas e que ja me deixaram, mas que no natal fazem-me sentir sempre ainda mais perto delas e com o coraçao bem quente com tao doces recordaçoes...Esta altura é aquela altura em que o vazio deixado por quem ja passou ainda me consegue fazer sorrir com lembranças.
Espero e desejo a todos um Bom Natal com muitos beijinhos e docinhos, mas que tenham convosco todos os que amam, nem que seja no coraçao.

Monday, November 26, 2007

Esquizo pos amigos!!!





HOje acordei e o quim zé disse-me: "Mata Susana!". E eu pensei, este fulano esta pior, mas não é que tem umas ideias boas!?Gostava de eliminar uns quantos, alias eu não, so o meu quim zé!!!

Tuesday, November 20, 2007

Monday, November 19, 2007

Tudo o que acaba em "é"


É tão bonito quando se tem tanto para fazer e nos lembramos de chatear um amigo, somente porque não nos apetece trabalhar...foi o que aconteceu hoje com a tânia helena!A desgraçada da rapariga com tanto para fazer, assim como eu e eis no que resultou a nossa manha de segunda feira:



Su: Pé!

Su: Chulé!

Tati: Estamos a brincar ao q?

Su: Ao jogo do barnabé!

Tati: Isso não era com a mané?:)

Su: Mas ela não tem chaminé!

Tati: Não tem, mas tem nome de freguesia da sé!

Su: E come algum canapé?

Tati: Come e dança o makulelé!

Su: Mas não namora com o quim zé!

Tati: Esse era o pastor do toi, o mémé, né?

Su: SIm, aquele que andava no balancé

Tati: E que deixava a mãe no bidé...

Su: Isto porque ela gastava o dinheiro do telelé!

Tati: E metia a declamar poemas do grande Garrett:)

Su: Deves saber que sabes quem é?

Tati: Sei pois, é o luis mira, é ou não é?

Su: Não me venhas tirar do jogo o pelé!

Tati: Lololol éhéhéh!

Su: Vamos beber um copo de água pé?

Tati: O são martinho já acabou, mas tu continuas com fé!

Su:Oh yeah!





The End!

Monday, November 12, 2007

Caturra


Pois é!!!



Tenho um novo amiguinho, ou amiguinha...ainda não sei bem!O seu nome é Popota;)

É uma caturra cinzenta lindaaaaaaaaaaaaaaa (tana já sei que não vens cá tao depressa...)

Vamos la ver se consigo ensinar o bicho a fazer alguma coisa e jeito!

Beijinhos grandes!!!

Wednesday, October 31, 2007

"O meu estilo"

Eu quero furar a narina
usar uma argola no umbigo
tingir-me de purpurina
e andar pela rua contigo

quero furar o mamilo
tatuar um peixe no braçoa
firmar lá o meu estilo
e demarcar o meu espaço

eu quero ser afro-zulu
mostrar na pele o meu tabu

eu quero usar um brilhante
nas nuvens do céu da boca
mas a minha mãe não gosta
porque é demasiado barroca

ela não sabe a angústia
que esta diferença me poupa
não vou ser o zombie cinzento
que ela tem no guarda roupa

eu quero ser afro-zulu
mostrar na pele o meu tabu
quero ser afro-zulunativo
urbano industrial

mostrar na pele o meu tabu
ser por direito um ser tribal
quero ser afro-zulu
nativo urbano industrial
mostrar na pele o meu, tabu

eu quero ser afro-zulu
mostrar na pele o meu tabu



Letra: Carlos Tê

Wednesday, October 24, 2007


"O normal é o que apenas raramente encontramos. O normal é um ideal. É um retrato que forjamos com as características típicas dos Homens e, será difícil esperar encontrá-las reunidas num único Homem." - W. Somerset Maugham

Wednesday, October 17, 2007

Pans Labyrinth





Empresto a quem quiser, vale a pena;)
Consegue ser violento, mas de uma forma mágica sem impressionar!!!

Tuesday, October 16, 2007

Here we are!

Já tenho saudades das nossas conversas tolas sobre tudo e sobre nada...
Querem fazer a respectiva legenda????
Força!!!!

P.S: Ficamos mesmo bem;)

Sunday, October 14, 2007

"Cabritinha"


A pedido do João, cá vai:



Quando eu nasci a minha mãe não tinha leite

Fui criado como um bezerro rejeitado

Mamei em vacas em tudo que tinha peito

E cresci assim deste jeito

Fiquei mal habituado

Hoje sou homem e arranjei uma cabritinha

E passo o dia a mamar

Nos peitinhos da Fofinha

Eu gosto de mamar

Nos peitos da Cabritinha

Eu gosto de mamar

Nos peitos da cabritinha

Eu gosto de mamar

Nos peitos da cabritinha

Mamo a hora que eu quero porque a cabrita é minha.

Eu gosto de mamar

Ai, nos peitos da cabritinha

Eu gosto de mamar

Ai, nos peitos da cabritinha

Eu gosto de mamar

Só nos peitos da cabritinha

Mamo a hora que eu quero porque a cabrita é minha

A cabritinha gosta de boa comida, boa cama e boa vida

Adora luxo e bem-estar

Ela adivinha a hora que chego a casa

E vai logo preparar

Os peitinhos para eu mamar

Eu gosto de mamar

Nos peitos da cabritinha

Eu gosto de mamar

Nos peitos da cabritinha

Eu gosto de mamar

Nos peitos da cabritinha

Mamo a hora que eu quero porque a cabrita é minha

Thursday, October 11, 2007




Down from the ceiling

Drips great noise

It drips on my head through a hole in the roof

Behind these two hills here

There's a pool

And when i'm swimming in Through a tunnel

I shut my eyes

Inside the cabin

I make sounds

In through the tubes i send this noise

Behind these two hills here

Fall asleep

And when i float in

Green grass of tunnel

It flows back

Down from the ceiling

Drips great noise

It drips on my head through a hole in the roof

Behind these two hills here

There's a pool

And when i'm swimming in

Through a tunnel I shut my eyes

Monday, October 1, 2007

"Problema de expressão"


Só pra dizer que te Amo,
Nem sempre encontro o melhor termo,
Nem sempre escolho o melhor modo.
Devia ser como no cinema,
A língua inglesa fica sempre bem
E nunca atraiçoa ninguém.
O teu mundo está tão perto do meu
E o que digo está tão longe,
Como o mar está do céu.
Só pra dizer que te Amo
Não sei porquê este embaraço
Que mais parece que só te estimo.
E até nos momentos em que digo que não quero
E o que sinto por ti são coisas confusas
E até parece que estou a mentir,
As palavras custam a sair,
Não digo o que estou a sentir,
Digo o contrário do que estou a sentir.
O teu mundo está tão perto do meu
E o que digo está tão longe,
Como o mar está do céu.
E é tão difícil dizer amor,
É bem melhor dizê-lo a cantar.
Por isso esta noite, fiz esta canção,
Para resolver o meu problema de expressão,
Pra ficar mais perto, bem mais de perto.
Ficar mais perto, bem mais de perto.



Identifico-me tanto com esta música.....:(


Beijinhos!!!

Wednesday, September 19, 2007

"Vidinha"


"A vida é como uma caixa de bombons, nunca sabemos que sabor vamos encontrar..."

Thursday, September 13, 2007

"The End"


O que fariam se soubessem que só tinham 3 dias para realizarem todos os vossos sonhos???

Tuesday, September 4, 2007

Aos amigos


Um brinde a todos os amigos que me acompanham!!!aos novos, aos velhos e aos de sempre;)

Wednesday, August 29, 2007

Tieta


Regressar é reunir dois lados

A dor do dia de partir

Com os seus fios enredados

Na alegria de sentir

Que a velha mágoa

É moça temporã

Seu belo noivo é o amanhã

Eu voltei para juntar pedaços

De tanta coisa que passei

Da infância abriu-se um laço

Nas mãos do homem que eu amei

O anzol dessa paixão me machucou

Hoje sou peixe

E sou meu próprio pescador

E eu voltei no curso

Revi o meu percurso

Me perdi no leste

E a alma renasceu

Em flores de algodão

No coração do agreste

Quando eu morava aqui

Olhava o mar azul

No afã de ir e vir

Ah! Fiz de uma saudade

A felicidade pra voltar aqui

Tuesday, August 28, 2007

Sigur Ros


Esta é a banda da minha vida!!!
Porquê????????? Porque me fazem sorrir, chorar, sonhar, amar, viver e recordar!!!
É tão dificil tentar escrever algo sobre os sigur ros....
É impossivel transcrever o som celestial que estes islandeses tiram de seus instrumentos, por isso meus amigos vao ao youtube!!!É que vale mesmo a pena!!!!!!!!!


Beijinhos!!!



"Starálfur"

Blá Nótt Yfir Himininn
Blá Nótt Yfir Mér
Horf-Inn Út Um Gluggann
Minn Með Hendur
Faldar Undir Kinn
Hugsum Daginn Minn
Í Dag Og Í Gær
Blá Náttfötin Klæða Mig Í
Beint Upp Í Rúm
Breiði Mjúku Sængina
Loka Augunum
Ég Fel Hausinn Minn Undir Sæng
Starir Á Mig Lítill Álfur
Hleypur Að Mér En Hreyfist Ekki
Úr Stað – SjálfurStarálfur
Opna AugunStírurnar Úr
Teygi Mig Og Tel (Hvort Ég Sé Ekki)
Kominn Aftur Og Alltalltílæ
Samt Vantar Eitthvað
Eins Og Alla Vegginna


Tradução

"Staring Elf"

Blue Night Over
The SkyBlue
Night Over Me
Disappeared Out The Window
My Hands
Hidden Under My Cheek
I Think About My Day
Today And Yesterday
I Put On My Blue Nighties
Go Straight To Bed
I Caress The Soft Covers
Close My Eyes
I Hide My Head Under The Covers
A Little Elf Stares
At MeRuns Towards Me
But Doesn’t MoveFrom Place
- HimselfA Staring Elf
I Open My Eyes
The Crusts Come Off
I Stretch Myself And Check (If I Haven’t)
Returned Again And Everything Is Okay
Still There Is Something Missing
Like All The Walls

Thursday, August 23, 2007

"Lets move on"


Passarinho de alma cigarreira,
É feito só de musica o meu caminho...
A minha solidão é passageira...
Meu modo de escrever é passarinho
De alma cigarrinha.
E eu vou cantando
Enquanto a vida vai me vivendo,
O som da musica, me dedilhando,
A poesia, mítica, me escrevendo...
Passarinho de alma cantadeira
Que canta musica alvissareira,
Não há nenhuma outra vida em mim...
Passarinho de alma cancioneira,
Eu vou vivendo assim dessa maneira
E enquanto canto, eu vou vivendo assim...
(Autor desconhecido)

Thursday, August 16, 2007

"Maps"


Esta música a mim diz-me muito... é simples, extremamente simples, mas é das tais simplicidades que nos tocam...procurem que vale a pena!



Pack up;

I’m straight;

Enough;

Oh say, say, say;

you'll Oh say, say, say;

you'll Oh say, say, say;

you'll Oh say, say, say;

you'll Oh say, say, say you'll

Wait, they don’t love you like I love you;

Wait, they don’t love you like I love you;

Ma-a-a-a-a-a-a-a-a-a-a-aps;

Wait! They don’t love you like I love you.

Made off;

Don’t stray;

Well, my kind’s your kind;

I’ll stay the same!

Pack up;

But Don’t stray;

Oh say, say, say;

I'll Oh say, say, say!

Wait!They don’t love you like I love you;

Wait! They don’t love you like I love you;

Ma-a-a-a-a-a-a-a-a-a-a-aps;

Wait! They don’t love you like I love you!

Wait! They don’t love you like I love you!

Ma-a-a-a-a-a-a-a-a-a-a-aps!

Wait! They don’t love you like I love you …

Wait! They don’t love you like I love you;

Wait! They don’t love you like I love you;

Ma-a-a-a-a-a-a-a-a-a-a-aps;

Wait! They don’t love you like I love you!

Wait! They don’t love you like I love you!

Ma-a-a-a-a-a-a-a-a-a-a-aps!

Wait! They don’t love you like I love you …



Yeah Yeah Yeahs;)

Tuesday, May 22, 2007

In your room...


In your room

Where time stands still

Or moves at your will

Will you let the morning come soon

Or will you leave me lying here

In your favourite darkness

Your favourite half-light

Your favourite consciousness

Your favourite slave

In your room

Where souls disappear

Only you exist here

Will you lead me to your armchair

Or leave me lying here

Your favourite innocence

Your favourite prize

Your favourite smile

Your favourite slave

I'm hanging on your words

Living on your breath

Feeling with your skin

Will I always be here

In your room

Your burning eyes

Cause flames to arise

Will you let the fire die down soon

Or will I always be here

Your favourite passion

Your favourite game

Your favourite mirror

Your favourite slave

I'm hanging on your words

Living on your breath

Feeling with your skin

Will I always be here

Will I always be here........

Thursday, May 3, 2007

"Não sei quantas almas tenho"


Hoje sinto-me assim...



Não sei quantas almas tenho.

Cada momento mudei.

Continuamente me estranho.

Nunca me vi nem acabei.

De tanto ser, só tenho alma.

Quem tem alma não tem calma.

Quem vê é só o que vê,

Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,

Torno-me eles e não eu.

Cada meu sonho ou desejo

É do que nasce e não meu.

Sou minha própria paisagem;

Assisto à minha passagem,

Diverso, móbil e só,

Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo

Como páginas, meu ser.

O que sogue não prevendo,

O que passou a esquecer.

Noto à margem do que li

O que julguei que senti.

Releio e digo : "Fui eu ?"

Deus sabe, porque o escreveu.



Fernando Pessoa



WAKE UP

The Arcade Fire, "Wake up"

Somethin’ filled up
my heart with nothin’,
someone told me not to cry.
But now that
I’m older,my heart’s colder,
and I can see that it’s a lie.
Children wake up,
hold your mistake up,
before they turn the summer into dust.
If the children don’t grow up,
our bodies get bigger but our hearts get torn up.
We’re just a million little god’s
causin rain storms turnin’
every good thing to rust.
I guess we’ll just have to adjust.
With my lighnin’ bolts a glowin’
I can see where I am goin’
to bewhen the reaper he reaches and touches my hand.
With my lighnin’
bolts a glowin’
I can see where I am goin’
With my lighnin’
bolts a glowin’
I can see where I am go-goin’
You better look out below!


Esta música é linda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Thursday, April 19, 2007

Rush


I don't wanna rush you now

If you need sometime to think

I can wait another year

But I can't promise anything

I guess you have a reason girl

Let me try to understand Maybe

I'm not good enough

But I will do the best

I can I don't wanna rush you now

I don't wanna rush you now

Everybody's telling me

I should take a good advice

But I better let you know

It doesn't come as a surprise

I'm tryin' to get through to you

A conversation on the phone

I know it might sound silly but

After all I wish i'd known

I'm tryin' to get through to you

I'm tryin' to get through to you

Oh honey I just wanna let you know

That I, that I never, never gonna let you go

Honey come a little closer now

Come on, don't stop

Well I guess you feel the same way too

I know you're still in love with me

I can see it in your eyes

You say you have forgotten me

But I'm sure it's only lies

I don't wanna rush you now

If you need sometime to think

I can wait another year

But i can't promise anything

I don't wanna rush you now

I don't wanna rush you now
Jay Jay Johanson

Thursday, March 29, 2007

A la la, a la laGimme 3 wishes
I wanna be that dirty
finger and his sete bitches
A la la, a la la
Gimme more 2
I wanna be in that crazy band or meuku
A la la, a la la
Would you be kind
Gimme one little more
And i'll be superfine
A la la, a la laYou're so cool
Can i be your friend?
I'll drive till the end
Cuz you know but you don't wanna
Cuz you want but you can't have it
Cuz you know but you don't wanna
Cuz you want but you can't have it
A la la, a la laI'm so worried
I bought that posh clothing
But it still looks ugly
A la la, a la la
Am i stoopid?
I'm doing the talking
But i don't get nothing
A la la, a la la
Alguém me avisa
Quando é bom parar
De fazer a íntima
A la la, a la la
You're so cool
Can i be your friend?
I'll drive it till the end
Cuz you know but you don't wanna
Cuz you want but you can't have it
Cuz you know but you don't wanna
Cuz you want but you can't have it


By, "Cansei de ser sexy".

Tuesday, March 6, 2007

Young Folks

if i told you things i did before told you how i used to be would you go along with someone like me if you knew my story word for word had all of my history would you go along with someone like me i did before and had my share it didn't lead nowhere i would go along with someone like you it doesn't matter what you do who you were hanging with we could stick around and see this night through and we don't care about the young folks talkin' bout the young style and we don't care about the old folks talkin' 'bout the old style too and we don't care about our own faults talkin' 'bout our own style all we care about is talking talking only me and you usually when things has gone this far people tend to disappear no one would surprise me unless you do i can tell there's something goin' on hours seem to disappear everyone is leaving i'm still with you it doesn't matter what we do where we are going to we can stick around and see this night through and we don't care about the young folks talkin' bout the young style and we don't care about the old folks talkin' 'bout the old style too and we don't care about our own faults talkin' 'bout our own style all we care about is talking talking only me and you and we don't care about the young folks talkin' bout the young style and we don't care about the old folks talkin' 'bout the old style too and we don't care about our own faults talkin' 'bout our own style all we care about is talking talking only me and you (repeat) talking only me and you talking only me and you talking only me and you

Wednesday, February 21, 2007

......


Transformar-me em ti é saber revelar-me em nós.

Nunca ninguém disse que seria fácil e o que seria de nós sem a existência do impossivel?

A revelação nasce de uma transformação diária, que nos motiva ao magoar-nos com a dor que a vida nos ensina a amar...

Irónico? Não! mas talvez um pouco cruel...

Eu aprendi a aceitar essa crueldade, talvez por masoquismo ou por me fazer acreditar que em breve me vai fazer sorrir.



No matter how I try,

I just can't get her out of my mind

And I when I sleep I visualize her.

I saw her in the pub,

I met her later at the nightclub.

A mutual friend introduced us

We talked about the noise

And how its hard to hear your own voice

Above the beat and the sub-bass.

We talked and talked for hours,

We talked in the back of our friend's car

As we all went back to his place.

On our friend's settee,

she told me that she really liked me

And I said: "Cool, the feeling's mutual.

"We played old 45s

And said it's like the soundtrack to our lives

And she said: "True, it's not unusual."

Then privately we danced

We couldn't seem to keep our balance

A drunken haze had come upon us.

We sank down to the floor

And we sang a song that I can't sing anymore

And then we kissed and fell unconscious.

I woke up the next dayAll alone but for a headache.

I stumbled out to find the bathroom

But all I found was her

Wrapped around another lover.

No longer then is he our mutual friend.


Divine Comedy, "our mutual friend".

É triste mas linda!!!!!!

Friday, February 16, 2007

Ao som da banda sonora do magnólia, estou a postar novamente.
Acordei com a agressividade sonora da chuva...
Esse som estonteante que me faz não querer sair do toque suave da minha cama..
Hoje é mais um dia...um dia em que acordo e que penso, vai ser igual a tantos outros..............

"Save me"

You look like... a perfect fit,For a girl in need... of a tourniquet.But can you save me?Come on and save me...
If you could save me,From the ranks of the freaks,Who suspect they could never love anyone.
Cause I can tell... you know what it's like.A long farewell... of the hunger strike.But can you save me?Come on and save me...If you could save me,From the ranks of the freaks,Who suspect they could never love anyone.
You struck me dumb, Like radiumLike Peter Pan, or Superman,You have come... to save me.Come on and save me...If you could save me,From the ranks of the freaks,Who suspect they could never love anyone,Except the freaks,Who suspect they could never love anyone,But the freaks,Who suspect they could never love anyone.
Come on and save me...Why don't you save me?If you could save me,From the ranks of the freaks,Who suspect they could never love anyone,Except the freaks,Who suspect they could never love anyone,Except the freaks,Who could never love anyone.






Thursday, February 15, 2007

Criei este blog, o "sempre que tiver vagar", na pretensão de escrever o que me apetece.